VENENO BUTOX 20ml

Cód. 7896185952400

Marca

BUTOX

Modelo

CARRAPATICIDA

Descrição

Indicações:
- Como carrapaticida, para eliminar larvas, ninfas, machos, fêmeas e impossibilitar a postura de ovos férteis do Boophilus microplus, Amblyomma cajennense, e Anocentor nitens.
- Como mosquicida e repelente, sobre as moscas adultas vetoras da Dermatobia hominis (mosca-do-berne), Stomoxys calcitrans, Musca domestica e Mo


R$ 6,99 UN

32 em estoque

Descrição completa

Indicações:
- Como carrapaticida, para eliminar larvas, ninfas, machos, fêmeas e impossibilitar a postura de ovos férteis do Boophilus microplus, Amblyomma cajennense, e Anocentor nitens.
- Como mosquicida e repelente, sobre as moscas adultas vetoras da Dermatobia hominis (mosca-do-berne), Stomoxys calcitrans, Musca domestica e Morellia pruma, controlando preventivamente as infestações por berne no bovino.
- Como Larvicida e repelente, com ação preventiva contra as infestações por larvas de 1° instar da Dermatobia hominis (mosca-do-berne).
- Como Sarnicida, para eliminar larvas, ninfas, machos, fêmeas e impossibilitar a postura de ovos férteis de Psoroptes communis ovis e Psoroptes communis bovis.

Dosagem:
- Uso externo, em banhos de pulverização, aspersão e imersão (ovinos). Carrapatos dos bovinos: 10 mL do produto para 10 litros de água. Carrapato do corpo do cavalo: 10 mL do produto para 5 litros de água, em intervalos de 7 dias.

Administração:
- Medir a quantidade recomendada de butox® P CE 25 e fazer uma pré-mistura em um balde com 2 a 4 litros de água. - Agitar até formar uma mistura homogênea.
- Colocar esta emulsão no pulverizador e, agitando sempre, completar o volume com o restante da água necessária para a pulverização dos bovinos a serem tratados.

Métodos de aplicação:
- Qualquer tipo de pulverizador, manual ou mecânico, poderá ser utilizado, tomando cuidado para que o jato tenha pressão adequada para penetrar por baixo dos pêlos onde estão agarrados os carrapatos.
- Para pulverizar um bovino adulto e um equíno adulto, o consumo de líquido não deve ser inferior a 5 litros.
- Molhar toda a pelagem, não se esquecendo das partes mais comumente infectadas, que são: entrepernas, patas, tábua do pescoço, cabeça, pavilhão auricular interno, região do períneo e base da cauda.

Precauções: Butox® P CE 25 apresenta grande segurança, porém, devem ser observados os cuidados básicos recomendados no uso de carrapaticidas:
- Conservar o produto na sua embalagem original, bem fechada, em local seco, fresco e à sombra.
- Manusear o produto e fazer as diluições em locais arejados, não aplicar contra o vento, evitando as partículas pulverizadas.
- Evitar o contato do produto com a pele e mucosas do corpo humano. Caso isto acidentalmente venha a acontecer, lavar várias vezes com água e sabão as partes atingidas.
- Não é recomendado aplicar nos bovinos na hora de calor intenso ou nos dias chuvosos.
- Manter longe do alcance das crianças e animais.
- Não guardar ou aplicar junto de alimentos, bebidas, medicamentos, produtos de higiene e domésticos.
- Inutilizar e enterrar as embalagens vazias.
- Não jogar o produto ou resto de diluição em açudes, fontes, rios e tanques de água.
- Se acontecer intoxicação humana, chamar imediatamente o médico e durante este tempo, caso tenha ocorrido ingestão acidental, provocar vômito introduzindo o dedo na garganta ou, por via oral, copo de água morna ou xarope de Ipecacuanha. Repetir até que o vômito seja um líquido claro. Administrar a seguir, também por via oral, suspensão aquosa de terra Füller ou argila de alta capacidade de adsorção. NÃO DAR NADA POR VIA ORAL A UMA PESSOA INCONSCIENTE. Se o produto atingir os olhos, lavar imediatamente com água corrente abundante durante 10 minutos, no mínimo.

Frequência das aplicações:
- Em bovinos, para auxiliar a diminuição da infestação das pastagens, as pulverizações devem ser feitas, inicialmente, a cada 21 dias. Após obter esta diminuição, tendo em vista o prolongado período residual do produto (14 dias), as aplicações podem ser espaçadas a intervalos maiores de 30 dias.
- Em eqüinos, devido ao ciclo evolutivo do Amblyomma cajennense, as pulverizações devem ser feitas com intervalos de 7 dias, até o desaparecimento das infestações. Em infecções com Anocentor nitens (carrapato-da-orelha), os intervalos de pulverização podem ser semelhantes aos adotados para os bovinos.

Receba novidades exclusivas